Logo Técnica Pomorodo

Técnica Pomodoro: como gerenciar seu tempo e ser mais produtivo

Conheça um sistema de gerenciamento de tempo famoso internacionalmente e escrito por Francesco Cirillo, pai da Técnica Pomodoro.



Você sabia que uma das estratégias de produtividade mais famosas do mundo surgiu a partir de um tomate e algum tempo na cozinha? Vamos te contar tudo sobre a Técnica Pomodoro neste artigo!


A Técnica Pomodoro talvez seja o método mais simples de produtividade e gerenciamento de tempo que todos podemos usar. Aliás, você não precisa de nenhum aplicativo avançado ou tecnologia sofisticada; tudo que você precisa é desse temporizador que disponibilizamos mais abaixo!


Então, se você tem um trabalho intenso em que se espera que você produza muito, esta é uma ótima maneira de realizar suas tarefas. Vamos te explicar tudo e mostrar como você pode aplicá-la na sua vida.

O que é a Técnica Pomodoro?

A Técnica Pomodoro foi inventada no início dos anos 90 pelo desenvolvedor, empresário e autor Francesco Cirillo. Cirillo batizou o sistema de “Pomodoro”, em homenagem ao timer, desses de cozinha, em forma de tomate; que ele usava para acompanhar seu trabalho como estudante universitário.


Em resumo, a metodologia é simples! Quando se deparar com qualquer tarefa grande ou série de tarefas, divida o trabalho em intervalos curtos e cronometrados (ou seja, os“Pomodoros”) que são espaçados por intervalos curtos.


Isso treina seu cérebro para se concentrar por curtos períodos e ajuda você a ficar em dia com os prazos ou caixas de entrada constantemente cheias. Aliás, com o tempo, pode até ajudar a melhorar sua produtividade, atenção e concentração.

Como funciona a Técnica Pomodoro?

Pomodoro é um sistema cíclico. Dessa forma, você trabalha em intervalos curtos, o que garante uma produtividade consistente. Além disso, você também pode fazer pausas regulares que reforçam sua motivação e mantêm você  criativo.

Veja abaixo como funciona!


Em primeiro lugar você vai precisar de três itens para auxiliar na contagem do tempo:


  • Timer ou cronômetro para marcar o tempo;
  • Uma agenda de tarefas ou checklist com coisas a fazer;
  • Lápis e borracha.

Em seguida:


  1. Escolha uma tarefa na qual você deseja trabalhar;
  2. Posteriormente, defina o cronômetro do Pomodoro para 25 minutos, a duração normal de um Pomodoro;
  3. Trabalhe na tarefa até o cronômetro tocar. Em seguida, coloque uma marca de seleção em um pedaço de papel;
  4. Para fazer algo não relacionado ao trabalho, como se alongar ou fazer uma ligação, faça uma pequena pausa de 5 minutos;
  5. A cada 4 pomodoros, faça uma pausa maior, de 20 a 30 minutos. Isso o ajudará a reagrupar seus pensamentos e a relaxar.

Que tal ver como o método funciona na prática?

Aproveite esse timer e já comece a colocar a técnica em prática. A dica é iniciar com as tarefas do dia já em mãos. Faça os ciclos de 25 minutos (1 Pomodoro) normalmente. Então, a cada 4 Pomodoros, sinta-se livre para tirar seu intervalo maior.


A cada pausa, você pode anotar as tarefas que terminou e aproveitar para ouvir uma música, fazer um alongamento, comer uma fruta, beber água e etc.

O que fazer se for interrompido?

É importante notar que um pomodoro é uma unidade de trabalho indivisível. Em outras palavras, se você estiver distraído no meio do caminho por uma emergência, você deve encerrar o pomodoro lá; ou você tem que adiar a distração até que o pomodoro esteja completo. Se você puder fazer o último, Cirillo sugere a estratégia “informar, negociar e ligar de volta”:


  1. Informe a outra parte (distrativa) que você está trabalhando em algo agora;
  2. Negocie um momento em que você possa entrar em contato com eles sobre o problema de distração em tempo hábil;
  3. Agende esse retorno imediatamente;
  4. Ligue de volta para a outra parte quando seu Pomodoro estiver completo e você estiver pronto para resolver o problema;

Quais os resultados desse método?

O processo subjacente à técnica de Cirillo inclui cinco etapas: planejar as tarefas do dia, acompanhar seus esforços, bem como registrar suas atividades diárias, processar o que você fez e visualizar as áreas de melhoria.

Com este método testado e comprovado, as pessoas podem simplificar seu trabalho, descobrir quanto tempo e esforço uma tarefa realmente requer e melhorar seu foco para que possam fazer mais na mesma quantidade de tempo todos os dias.

O que a ciência diz sobre a Técnica Pomodoro?

Se você não sabe, essa teoria tem sido apoiada pela comunidade científica também. Uma pesquisa mostrou que fazer pausas regulares pode “melhorar muito” o foco e a concentração por períodos prolongados.

O estudo que foi encabeçado por pesquisadores da Universidade de Illinois, derruba a teoria intuitiva sobre a natureza da atenção. Em suma, a pesquisa mostrou que intervalos curtos de uma tarefa podem melhorar drasticamente a capacidade de se concentrar por períodos prolongados.

O experimento testou a capacidade dos participantes de se concentrar em uma tarefa computadorizada repetitiva por uma hora sob várias condições. Nele, 84 participantes foram divididos em quatro grupos:


  • O primeiro realizou a tarefa de 50 minutos sem pausas ou desvios.
  • O segundo e o terceiro memorizaram 4 dígitos antes de realizar a tarefa e disseram para responder e fazer uma pausa se vissem um dos dígitos durante a tarefa. (Apenas o segundo pausou (duas vezes) durante o experimento de 50 minutos).
  • O quarto recebeu os mesmos dígitos apresentados ao grupo de troca durante a tarefa, contudo foi instruído a ignorá-los.

Conforme previsto, o desempenho dos indivíduos diminuiu ao longo da tarefa, mas, crucialmente, aqueles que fizeram pausas durante o experimento, não viram queda em seu desempenho ao longo do tempo.

Como resultado, os pesquisadores concluíram que, diante de tarefas longas, é melhor impor breves pausas, pois isso realmente o ajudará a manter o foco e produtividade em sua tarefa.

Quais os benefícios de adotar essa técnica no trabalho?

Benefícios de adotar o pomodoro

1. Define um tempo para distrações

Ao longo do dia, muitas vezes nos distraímos a cada poucos minutos. Isso geralmente acontece porque não planejamos a tempo as pausas quando poderíamos nos distrair.

Com efeito, a Técnica Pomodoro permite pausas ao longo do dia, para que você saiba quando poderá se desconectar e se distrair com outra coisa por um momento.

2. Reduz a quantidade de tarefas em aberto

Tarefas em aberto, como estudar, pesquisar ou até mesmo escrever, podem se arrastar por dias se você não tomar cuidado. Portanto, ao encaixar esses tipos de atividades em pomodoros, você coloca um limite de tempo para elas.

Ademais, isso o ajudará a “completá-las” em um determinado período de tempo e dividir o trabalho em partes gerenciáveis; ao invés de tentar fazer todas ao mesmo tempo e não finalizar nenhuma.

3. Transforma o trabalho em um jogo

Se você é fã de jogos, o Método Pomodoro pode ser muito divertido para você; pois o cronômetro funciona como uma contagem regressiva para a tarefa em mãos. Assim, você sentirá que está trabalhando contra o relógio, tentando “passar uma fase” ou “ganhar o jogo”.

Portanto, a gamificação de tarefas importantes pode realmente ajudar a aumentar sua produtividade, pois oferece entretenimento, quebrando a monotonia com um desafio.

4. Ajuda você a se afastar da procrastinação

Para aqueles que lutam contra a procrastinação, o Método Pomodoro pode mantê-lo motivado. Portanto, com essa técnica, você sabe quando e quanto tempo precisa trabalhar, e sabe exatamente quando vai pausar e obter alguma recompensa, no caso o descanso.

8 dicas para evitar a procrastinação

A procrastinação é um desafio que todos nós já enfrentamos em um momento ou outro. Desde que a humanidade existe, temos lutado para atrasar, evitar e procrastinar em questões que são importantes para nós. Veja algumas dicas para superar isso:


  1. Perceba que tarefas acumuladas podem interferir na sua produtividade;
  2. Ajuste o diálogo interior consigo mesmo.
  3. Use seu calendário ou uma agenda e aplique a Técnica Pomodoro, para ajudá-lo;
  4. Comece o dia com sua tarefa mais difícil;
  5. Divida tarefas muito exigentes em partes;
  6. Mantenha o foco em seus objetivos;
  7. Construa uma rotina para fazer algo que você não quer fazer;
  8. Ao longo do caminho agrade a si mesmo com pequenas recompensas.

Quando experimentar a Técnica Pomodoro?

Por fim, uma das melhores coisas da Técnica Pomodoro é que ela é gratuita, e você pode usar o cronômetro em seu computador, relógio ou telefone. Então, mesmo se você tentar esse método e odiar, você não perdeu nenhum dinheiro.

O processo pode ser feito quando você:


  • Encontrar distrações atrapalhando seu dia de trabalho;
  • Trabalhar além do ideal de forma consistente e ainda assim não cumprir todas as tarefas;
  • Tiver muitas tarefas que está evitando fazê-las;
  • Estabelecer metas e se dispor a alcançá-las.

Curioso para aplicar a Técnica Pomodoro? Pois experimente após ler essa matéria e veja se adotar esse método em sua rotina ajuda você a manter o foco e a produtividade.

E se você curtiu esse conteúdo, esse outro post pode ajudar ainda mais você a otimizar seu tempo de trabalho ou estudos: 10 dicas para quem quer estudar em casa.